Carlos Burle, um gigante do surf

Carlos Burle é bicampeão mundial de ondas gigantes, venceu o primeiro campeonato da modalidade em Todos os Santos, no México, em 98, e o primeiro circuito mundial de ondas gigantes da história, em 2009.

O pernambucano mal desembarcou no Havaí, após sua passagem por Portugal, e já deu de cara com um gráfico afiado, prometendo uma ondulação pesada para a famosa onda de Pe’ahi, também conhecida como Jaws.

Porém, antes disso, participou da cerimônia do Eddie Aikau Invitational, o mais tradicional campeonato de ondas grandes do planeta, em Waimea Bay, North Shore de Oahu.

Image title

Burle would go | Foto: Arquivo Pessoal

A temporada de El Niño 2015/2016, que promete ser uma das mais agitadas de todos os tempos, começou com força total no Hemisfério Norte e a etapa de Maui do Big Wave World Tour se confirmou. 

Nesse domingo, 06 de dezembro, o mundo parou para assistir alguns dos atletas mais destemidos e bem preparados do planeta se jogarem de cabeça em montanhas d’água assustadoras, com um forte vento terral que dificultava ainda mais as ações.

Na primeira bateria do dia, Carlos Burle mostrou porque é uma lenda do esporte, levou um dos caldos mais cabulosos de todo evento, voltou lá pra fora, tomou outra bomba na cabeça, quebrou a prancha e retornou da cinzas.

Image title

Determinação | Foto: Kelly Cestari/WSL

Na sequência, surfou a maior nota da disputa, um 7.60 que lhe garantiu a classificação para a semi-final, onde, infelizmente, se lesionou. "Tive um estiramento na virilha e torci o joelho na semi-final, mas o importante é sair vivo. Mais tarde tem a festa do evento e irei comemorar", afirmou Burle, ainda no barco, enquanto assistia a final. 

Image title

Representando | Foto: Kelly Cestari/WSL

Além de muita coragem, os competidores do Pe’ahi Challenge demonstraram que existem diversas táticas para atacar as temidas ondas de Jaws, pois enquanto uns esperavam as maiores do dia, bem fundo na bancada, outros se posicionavam mais próximos ao canal, aguardando aquelas que entravam mais curvadas no reef, proporcionando tubos afiados.

Ou seja, em se tratando dessas condições, existem muitas abordagens que podem ser praticadas e diferentes recompensas para cada uma delas.

E por falar em recompensa, uma coisa é certa, se você quer encarar situações desse calibre, deve estar disposto a pagar o preço.


Sorte dos atletas poderem contar com uma equipe de resgate classe A, afinal, não foi tarefa fácil manter os atletas em segurança.

O Pe’ahi Challenge, vencido pelo local Billy Kemper, marcou para sempre o surf de ondas gigantes e acrescentou mais uma medalha de honra a carreira do multicampeão Carlos Burle, um verdadeiro casca grossa que não mede esforços para representar o Brasil nas maiores ondulações do planeta!

Parabéns a todos que fizeram parte desse dia inesquecível para a história do surf.

Confira os resultados completos, mais fotos e vídeos, na página do evento.

[Foto de capa: Kelly Cestari/WSL]

Para saber mais sobre as wetsuits Mormaii Storm, assinadas por Carlos Burle, clique no link.