Kauli Seadi encara Teahupoo de Windsurf

Quem nunca sonhou em surfar Teahupoo gigante, sozinho, de windsurf?

Pois é, realmente a tarefa não soa tão simples assim.

Mas para Kauli Seadi foi um sonho realizado.

Outra pergunta: Após inúmeras ondas, porque vir em uma bomba (daquelas que a galera só pega de tow in) e mandar um aéreo insano na parte mais crítica do bowl de oeste?

Essa questão somente um tricampeão mundial pode responder.

“É a onda mais majestosa do planeta. Meu sonho se tornou realidade. Era algo que estava na minha lista de desejos”, declara.

No vídeo abaixo, não perca as contas de quantas ondas Kauli surfou, e, o mais importante, não deixe de assistir até o final.

Você irá presenciar uma das cenas mais corajosas e difíceis de se imaginar na “bancada do crânios quebrados”, apelido que os próprios taitianos dão ao local.

Após mandar um aéreo pesado em uma bomba digna de tow in, Kauli foi arremessado na base e sofreu um impacto contra a própria prancha.

“Quebrei a prancha com o pé. Tive uma fratura e ficarei sem andar pelas próximas oito semanas. O spray do tubo me empurrou com muita força contra o equipamento”, revela.

Acompanhe a incrível saga de Kauli Seadi em Teahupoo e surpreenda-se a cada onda.